Principais diferenças entre o eletrocardiograma e o ecocardiograma
Juan Blancas

Principais diferenças entre o eletrocardiograma e o ecocardiograma

Qual é a melhor escolha?

Dentro da rotina clínica é muito importante identificar as diferenças entre cada um dos exames clínicos e quando devem ser solicitados.

 

Uma dúvida recorrente entre os colegas é saber em quais casos deve ser realizado o exame de eletrocardiograma e o ecocardiograma.

 

Pois bem, o exame de eletrocardiograma avalia a atividade elétrica do coração, dito de outra forma, avalia a formação do impulso elétrico que faz com que o coração bata e impulsione o sangue.

 

Algumas indicações do uso do exame de eletrocardiograma, são:

  • Avaliação de risco anestésico nos casos de:
    • cirurgia ortopédica
    • castração eletiva
    • profilaxia dentária
    • castração patológica
  • Pacientes idosos
  • Raças com predisposição a cardiopatias
  • Suspeita de doenças cardíacas
  • Retorno de pacientes cardiopatas
  • Situações de urgência e emergência cardiovascular
  • Análise de doenças cardíacas, sobretudo arritmias cardíacas e isquemias
  • Diagnóstico do infarto agudo do miocárdio

 

A Dra. Flavia Regina Ruppert  fala sobre os exames de eletro e ecocardiograma.

 

Já o ecocardiograma é um ultrassom do coração com o qual é possível avaliar tanto a parte anatômica do órgão como a parte da função cardíaca, pois mostra ao médico imagens estáticas e em movimento do músculo.

Assim, o ecocardiograma serve para avaliar:

  • Sopro cardíaco
  • Sintomas de palpitação
  • Síncope
  • Falta de ar
  • Dor torácica

 

Concluindo - exame de ECG ou de ECO?

 

Por tanto a escolha entre um ou outro exame dependerá do que você precise avaliar. Tenha em mente que o único exame que tem a capacidade de identificar uma arritmia, bloqueio cardíaco ou identificar o risco anestésico do paciente é o exame de eletrocardiograma.

 

Com isto em mente considere que qualquer paciente submetido a uma anestesia a cegas sem uma previa avaliação elétrica do coração aumenta o risco de o animal de estimação vir ao óbito.


 

Print
7953 Rate this article:
4.0

Please login or register to post comments.

x
Loading
  • Assine Nosso Blog

    Fique por dentro das novidades. Receba nossas atualizações.